English [en]   Deutsch [de]   español [es]   فارسی [fa]   français [fr]   italiano [it]   日本語 [ja]   Nederlands [nl]   português do Brasil [pt-br]   русский [ru]   Shqip [sq]   українська [uk]   简体中文 [zh-cn]   繁體中文 [zh-tw]  

Esta é uma tradução da página original em Inglês.

GNU é o único sistema operacional desenvolvido especificamente para dar liberdade aos seus usuários. O que é GNU, e qual liberdade está em jogo?

O que é GNU?

GNU é um sistema operacional que é software livre – que é, o respeito a liberdade de seus usuários. O sistema operacional GNU consiste em pacotes GNU (programas especificamente lançados pelo Projeto GNU) bem como software livre lançado por terceiros. O desenvolvimento do GNU tornou possível o uso de um computador sem um software que ameace sua liberdade.

Nós recomendamos a versão instalável do GNU (mais precisamente, distribuições GNU/Linux) que sejam totalmente software livre. Mais sobre GNU abaixo.

Teste o GNU/Linux

 [Captura de tela do PureOS 8 com GNOME 3 desktop] 

PureOS 8 com GNOME 3 desktop, PureBrowser (navegador web) e Gimp (editor de imagem)

 [Captura de tela de Trisquel 8 com o MATE desktop]   [Captura de tela do GuixSD 0.15 com GNOME 3 desktop]   [Captura de tela do PureOS 8 com GNOME 3 desktop] 
Trisquel 8 & MATE GuixSD & GNOME 3 PureOS 8 & GNOME 3

... ou Tente partes do GNU

O que é o Movimento de Software Livre?

As campanhas de movimento de software livre visam devolver aos usuários de computador a liberdade que vem de software livre. O software livre coloca seus usuários no controle de sua própria computação. O software não-livre coloca seus usuários sob o poder do desenvolvedor do software. Veja a explicação em vídeo.

O que é Software Livre?

Software Livre significa que os usuários tem liberdade para executar, copiar, distribuir, estudar, alterar e melhorar o software.

Software Livre é uma questão de liberdade, não de preço. Para entender o conceito, você deve pensar em “livre” como em “discurso ivre”, não como em “gratuidade”.

Mais precisamente, software livre significa que os usuários de um programa têm as quatro liberdades essenciais:

  • A liberdade de executar o programa como quiser, para qualquer propósito (liberdade 0).
  • A liberdade de estudar como o programa funciona, e adaptar às suas necessidades (liberdade 1). Acesso ao código fonte é uma precondição para isso.
  • A liberdade de redistribuir cópias e assim você pode ajudar seu vizinho (liberdade 2).
  • A liberdade de melhorar o programa, e lançar suas melhorias ao público, assim toda a comunidade se beneficia (liberdade 3). Acesso ao código fonte é uma precondição para isso.

Desenvolvimentos em tecnologia e uso em rede tem tornado essas liberdades ainda mais importantes agora do que eram em 1983.

Hoje em dia o movimento de software livre vai muito além de desenvolver o sistema GNU. Acesse o website da Fundação Software Livre para saber mais sobre o que fazemos, e uma lista de maneiras que você pode ajudar.

Mais sobre GNU

GNU é um sistema operacional semelhante ao Unix. Isso significa que é uma coleção de muitos programas: aplicativos, bibliotecas, ferramentas de desenvolvimento e até jogos. O desenvolvimento do GNU, que começou em Janeiro de 1984, é conhecido como Projeto GNU. Muitos dos programas em GNU são lançados sob auspícios do Projeto GNU; estes são chamados pacotes GNU.

O nome “GNU” é um acrônimo recursivo para “GNU's Not Unix!” (em português, é traduzido como “GNU Não é Unix!”). “GNU” é pronunciado como “menu”, com “g” em vez de “me”, e como o herbívoro africano “gnu”.

O programa em um sistema semelhante ao Unix que aloca recursos da máquina e conversa com o hardware é chamado “kernel”. GNU é tipicamente usado com um kernel chamado Linux. Essa combinação é o Sistema Operacional GNU/Linux . GNU/Linux é usado por milhões, apesar de muitos o chamarem de “Linux” por engano.

O kernel próprio do GNU, O Hurd, começou em 1990 (antes do Linux começar). Voluntários continuam desenvolvendo o Hurd porque ele é um projeto técnico interessante.

Mais informação

Planeta GNU RSS Feed

Unifont 11.0.03 lançado : 8 de dezembro de 2018 O Unifont 11.0.03 já está disponível. Alterações significativas nesta versão incluem o script Nushu, contribuído por David Corbett, e o Kana Supplement...

A FSF adiciona o Hyperbola GNU/Linux-libre à lista de distribuições aprovadas do GNU/Linux : A lista da FSF mostra as distribuições do sistema operacional GNU/Linux cujos desenvolvedores fizeram um compromisso...

GNU Guix e GuixSD 0.16.0 lançado : Temos o prazer de anunciar o novo lançamento do GNU Guix e GuixSD, versão 0.16.0! Este lançamento é (esperamos!) o último antes de 1.0—nós temos finalizado...

Para mais notícias, acesse Planet GNU e a lista de lançamentos recentes GNU.

Tome Partido

Mais itens de ação

Lançamentos recentes GNU

Breve descrição para todos os pacotes GNU

Pacote aleatório de hoje…

Findutils

Findutils fornece os utilitários básicos de pesquisa de diretório de arquivos do sistema GNU. Ele consiste em dois utilitários de pesquisa primários: find pesquisa recursivamente arquivos em um diretório de acordo com critérios determinados e locate lista arquivos em um banco de dados que correspondem a uma consulta. Duas ferramentas auxiliares são incluídas: updatedb atualiza o banco de dados de nomes de arquivos e xargs pode ser usado para aplicar comandos com argumentos arbitrariamente longos. (doc)

VOLTAR AO TOPO


[Logo da FSF]“A Free Software Foundation (FSF) é uma organização sem fins lucrativos com a missão global de promover a liberdade de usuários de computador. Nós defendemos os direitos dos usuários de software.”

A Free Software Foundation é a principal organização que patrocina o Sistema Operacional GNU. Apoie o GNU e a FSF comprando manuais e produtos, afiliando-se a FSF como um membro associado ou fazendo uma doação.

A FSF também tem organizações irmãs na Europa, América Latina e Índia.