English [en]   Deutsch [de]   français [fr]   italiano [it]   മലയാളം [ml]   Nederlands [nl]   polski [pl]   português do Brasil [pt-br]   русский [ru]   українська [uk]  

BECOME A MEMBER

Together we have the opportunity to empower the world through the use of free software. The only way to counter proprietary software companies and the billions of dollars they use to strip user rights is through the power of your voice and your generosity.

47 Joined
600 New Members

Esta é uma tradução da página original em Inglês.

FLOSS e FOSS

por Richard Stallman

Os dois campos políticos da comunidade de software livre são o movimento do software livre e o do código aberto. O movimento do software livre é uma campanha para a liberdade dos usuários de computadores; dizemos que um programa não livre é uma injustiça para seus usuários. O grupo do código aberto se recusa a ver a questão como uma questão de justiça para os usuários, e baseia seus argumentos em benefícios práticos apenas.

Para enfatizar que “free software” refere-se à liberdade e não ao preço 1, às vezes escrevemos ou dizemos “free (libre) software”, adicionando a palavra francesa ou espanhola que significa livre no sentido de liberdade. Em alguns contextos, funciona usar apenas “libre software”.

Um pesquisador estudando práticas e métodos usados por desenvolvedores na comunidade de software livre decidiu que essas questões eram independentes das visões políticas dos desenvolvedores, então ele usou o termo “FLOSS”, a abreviação de “Free/Libre and Open Source Software”, para evitar explicitamente uma preferência entre os dois campos políticos. Se você deseja ser neutro, esta é uma boa maneira de fazê-lo, pois isso torna os nomes dos dois campos igualmente importantes.

Outros usam o termo “FOSS”, que significa “Free and Open Source Software”. Isso tem a intenção de ser a mesma coisa que “FLOSS”, mas é menos claro, já que falha em explicar que “free” se refere a liberdade. Também torna “free software” menos visível que “open source”, já que ele apresenta “open source” de forma proeminente, mas separa as palavras “free software”.

“Free and Open Source Software” é enganoso de outra maneira: sugere que “free and open source” nomeia um único ponto de vista, em vez de mencionar dois diferentes. Essa conceituação do campo é um obstáculo para a compreensão do fato de que o software livre e o código aberto são posições políticas diferentes que discordam fundamentalmente.

Assim, se você quiser ser neutro entre software livre e código aberto, e claro sobre eles, a maneira de conseguir isso é dizer “FLOSS”, não “FOSS”.

Nós, no movimento do software livre, não usamos nenhum desses termos, porque não queremos ser neutros quanto à questão política. Defendemos a liberdade e mostramos isso toda vez – dizendo “free” e “libre” ou “free (libre)”.

Nota do tradutor:
  1. A palavra inglesa “free” é ambígua, podendo significar tanto gratuidade/não ter preço (“free beer”, cerveja grátis) ou livre como em liberdade (“free speech”, liberdade de expressão). Para mais informações sobre isso, é recomendado a leitura da definição de software livre.
TOPO

[Logo da FSF]“A Free Software Foundation (FSF) é uma organização sem fins lucrativos com a missão global de promover a liberdade de usuários de computador. Nós defendemos os direitos dos usuários de software.”

PARTICIPE COMPRE