English [en]   français [fr]   português do Brasil [pt-br]  

Esta é uma tradução da página original em Inglês.

Richard Stallman inaugura a Free Software Foundation-Índia, a primeira organização na Ásia afiliada à FSF

Uma versão em texto simples deste comunicado de imprensa está disponível.

PARA LANÇAMENTO: 20 DE JULHO DE 2001
Contato com a mídia: Free Software Foundation
Bradley M. Kuhn <pr@gnu.org>
Telefone: +1-617-542-5942

Richard M. Stallman lançou oficialmente hoje a Free Software Foundation da Índia (FSF-Índia), a primeira organização na Ásia afiliada à Free Software Foundation, com uma palestra na Conferência de Software Livre Liberdade Primeiro! em Trivandrum, Kerala, Índia. Ontem, ele foi recebido com honras de estado por oficiais do governo para discutir a filosofia por trás do movimento e o uso do software livre como uma alternativa viável e econômica pelo governo, instituições educacionais e empresas, assim como para todas as pessoas na Índia.

“Você tem o direito à liberdade que o software livre lhe dá”, disse Stallman. Não é só na Índia que as pessoas têm o direito de uma alternativa ao software proprietário. A inauguração da FSF-Índia é um passo adiante na expansão da Free Software Foundation. As comunidades de software livre ao redor do globo estão se organizando formalmente, como a FSF-Índia está fazendo agora, com o objetivo de melhor assistir às empresas, governos e educadores em todos os lados, no entendimento das ideias e filosofia do software livre e como estes ideais criam diretamente vantagens práticas para quem utiliza ou cria software livre. Stallman continuou, “Usuários de computadores na Índia, como em qualquer lugar, merecem a liberdade de compartilhar e de modificar software, da mesma maneira que cozinheiros compartilham e alteram receitas. Portanto, é com prazer que eu inauguro a Free Software Foundation Índia, que irá promover o uso e o desenvolvimento de software livre neste país. A princípio, a FSF-Índia irá ajudar indivíduos, comunidades, escolas, governos e empresas na Índia a fazer uso do software livre que o resto do mundo já adotou. Com o tempo, a FSF-Índia irá levar os programadores indianos a contribuir com o conhecimento humano representado pelo software livre.”

“Nós sentimos que um país em desenvolvimento como a Índia tem um papel especial em promover e encorajar o uso de software livre”, disse Satish Babu, da FSF-Índia. “Também é uma vantagem, é claro, não termos que pagar por licenças de software. Isto é de grande importância agora que empresas de software proprietário estão mudando para um modelo de negócios baseado em licenças, o que significa que você terá na verdade que alugar o software e continuar a pagar por ele eternamente. Com software livre, caso você deseje, você pode baixar o software gratuitamente, ou se uma empresa ou escola desejar comprar um CD, ela poderá instalar legalmente o mesmo CD em cada computador no site, sem ter que pagar um centavo a ninguém, nunca mais. Mas existem benefícios mais profundos, mais significativos. Aqui na Índia, nós temos que buscar constantemente por soluções econômicas. A exclusão digital é uma preocupação em todo lugar mas especialmente aqui na Índia. A não ser que nós tomemos a iniciativa, a exclusão digital na Índia irá se estender, especialmente por causa das várias línguas e dos níveis desiguais de alfabetização. O software livre pode ajudar a nivelar o campo para nações emergentes como a Índia e reduzir a exclusão por encorajar solidariedade, colaboração e trabalho comunitário voluntário entre programadores e usuários de computadores e revigorar uma indústria de software enfraquecida.”

“As escolas na Índia podem se beneficiar da redistribuição de software livre pela economia de custos de licença”, disse Stallman. “Mas o software livre oferece um benefício mais profundo para a educação: o conhecimento embutido no software livre é conhecimento público, não secreto. A caixa preta selada de um sistema de software proprietário é projetada para manter as pessoas no escuro. Com software livre, os estudantes podem estudar o software que eles utilizam, para aprender como ele funciona. Eles podem escrever melhorias para o software, e assim aprender a profissão de desenvolvedor de software – que na maior parte das vezes consiste em melhorar programas existentes.”

Dr. Stallman é o Presidente e fundador da Free Software Foundation, com sede em Boston, Massachusetts, USA. Em 1984 Stallman iniciou o desenvolvimento do sistema operacional GNU, que hoje é utilizado em suas variantes GNU/Linux por estimadas 20 milhões de pessoas em todo o mundo.

Contatos:

Para mais informações sobre a FSF, contate Bradley Kuhn, e-mail: <pr@fsf.org>

Para mais informações sobre a FSF-Índia, contate K G Kumar, e-mail: <kg@myiris.com>

Site do GNU: http://www.gnu.org

Site da FSF-Índia: http://www.fsf.org.in

Para mais informações sobre a Conferência Liberdade Primeiro!, incluindo outras palestras e eventos: http://gnu.org.in/news/freedomfirst.html

Sobre o GNU: GNU é um sistema operacional livre parecido com o Unix. O desenvolvimento do GNU foi iniciado em 1984. http://www.gnu.org/gnu/the-gnu-project.html fornece mais informações sobre o GNU e sua história.

O GNU/Linux é a combinação integrada do sistema operacional GNU com o kernel Linux, escrito por Linus Torvalds em 1991. As várias versões do GNU/Linux têm uma quantidade de usuários estimada em 20 milhões.

Algumas pessoas chamam o sistema GNU/Linux apenas de “Linux”, mas este nome incorreto leva à confusão (as pessoas não sabem se você se refere ao sistema completo ou ao kernel, uma parte) e propaga uma visão imprecisa de como, quando e porque o sistema foi desenvolvido. Fazer uma distinção consistente entre o GNU/Linux, o sistema operacional completo, e o Linux, o kernel, é a melhor maneira de clarear a confusão. Veja http://www.gnu.org/gnu/linux-and-gnu.html para mais explicações.

Sobre a Free Software Foundation: a FSF, fundada em 1985, é dedicada a promover os direitos dos usuários de computadores a usar, estudar, copiar, modificar e redistribuir programas de computador. A FSF promove o desenvolvimento e uso de software livre – particularmente o sistema operacional GNU e suas variantes GNU/Linux – e de documentação livre para software livre. O seu site, localizado em http://www.gnu.org, é uma fonte importante de informações sobre o GNU/Linux. A sua sede fica em Boston, MA, USA.

Sobre a Free Software Foundation da Índia: FSF-Índia é sediada em Trivandrum, Kerala, Índia, e é dedicada a eliminar restrições sobre a cópia, redistribuição, entendimento, e modificação de programas de computador pela promoção do desenvolvimento e uso de software livre em todas as áreas da computação – mas particularmente ajudando a desenvolver o sistema operacional GNU. A sua página é http://www.fsf.org.in.

VOLTAR AO TOPO


[Logo da FSF]“A Free Software Foundation (FSF) é uma organização sem fins lucrativos com a missão global de promover a liberdade de usuários de computador. Nós defendemos os direitos dos usuários de software.”

A Free Software Foundation é a principal organização que patrocina o Sistema Operacional GNU. Apoie o GNU e a FSF comprando manuais e produtos, afiliando-se a FSF como um membro associado ou fazendo uma doação.