English [en]   français [fr]   português do Brasil [pt-br]  

Esta é uma tradução da página original em Inglês.

Qual é a forma correta de atualizar uma instalação do Windows?

por Richard Stallman

É comum no campo da computação incitar os usuários a “atualizar” para versões mais recentes do Windows (e outros programas não livres) para obter correções de “segurança”. Esta conclusão se baseia na suposição de que esses programas são softwares honestos, projetados para tratar o adequadamente do usuário. Nós não esperamos que seja o caso, e sabemos que não é o caso do Windows. Portanto, fazemos uma recomendação diferente.

Na verdade, versões mais recentes do Windows têm exploits antes de serem lançadas. Eles são projetados com vários tipos de funcionalidades maliciosas; veja “O Software da Microsoft é Malware”.

Versões mais recentes do Windows contêm funcionalidades maliciosas adicionais; eles dão à Microsoft mais poder sobre os usuários. Essa é uma razão para não mudar para uma versão mais recente. Para alguns usuários, a mudança para uma versão mais nova pode exigir uma recompensa para a Microsoft em dinheiro e até mesmo a compra de um novo computador. Nós dificilmente queremos encorajar isso!

Portanto, recusamos oferecer suporte à Microsoft, solicitando aos usuários que migrem para versões mais recentes; nós não tratamos as falhas não intencionais do Windows como mais importantes que as intencionais.

Nosso conselho para aqueles que usam qualquer versão do Windows é para atualizar para o GNU/Linux.

O suporte a pacotes GNU em qualquer versão do Windows (ou em sistemas que não sejam do tipo GNU) não faz parte da missão central do Projeto GNU. Nosso slogan é “Funciona melhor no GNU/Linux”. Nós cooperamos com os usuários que desejam manter esse suporte, porque também podemos cooperar quando não for difícil. Não temos responsabilidade de continuar fazendo isso, mas enquanto for viável e não nos atrasar, não temos motivos para parar.

TOPO

[Logo da FSF]“A Free Software Foundation (FSF) é uma organização sem fins lucrativos com a missão global de promover a liberdade de usuários de computador. Nós defendemos os direitos dos usuários de software.”

PARTICIPE COMPRE