English [en]   Deutsch [de]   français [fr]   italiano [it]   മലയാളം [ml]   Nederlands [nl]   polski [pl]   português do Brasil [pt-br]   русский [ru]   українська [uk]  

Esta é uma tradução da página original em Inglês.

FLOSS e FOSS

por Richard Stallman

Os dois campos políticos da comunidade de software livre são o movimento do software livre e o do código aberto. O movimento do software livre é uma campanha para a liberdade dos usuários de computadores; dizemos que um programa não livre é uma injustiça para seus usuários. O grupo do código aberto se recusa a ver a questão como uma questão de justiça para os usuários, e baseia seus argumentos em benefícios práticos apenas.

Para enfatizar que “free software” refere-se à liberdade e não ao preço 1, às vezes escrevemos ou dizemos “free (libre) software”, adicionando a palavra francesa ou espanhola que significa livre no sentido de liberdade. Em alguns contextos, funciona usar apenas “libre software”.

Um pesquisador estudando práticas e métodos usados por desenvolvedores na comunidade de software livre decidiu que essas questões eram independentes das visões políticas dos desenvolvedores, então ele usou o termo “FLOSS”, a abreviação de “Free/Libre and Open Source Software”, para evitar explicitamente uma preferência entre os dois campos políticos. Se você deseja ser neutro, esta é uma boa maneira de fazê-lo, pois isso torna os nomes dos dois campos igualmente importantes.

Outros usam o termo “FOSS”, que significa “Free and Open Source Software”. Isso tem a intenção de ser a mesma coisa que “FLOSS”, mas é menos claro, já que falha em explicar que “free” se refere a liberdade. Também torna “free software” menos visível que “open source”, já que ele apresenta “open source” de forma proeminente, mas separa as palavras “free software”.

“Free and Open Source Software” é enganoso de outra maneira: sugere que “free and open source” nomeia um único ponto de vista, em vez de mencionar dois diferentes. Essa conceituação do campo é um obstáculo para a compreensão do fato de que o software livre e o código aberto são posições políticas diferentes que discordam fundamentalmente.

Assim, se você quiser ser neutro entre software livre e código aberto, e claro sobre eles, a maneira de conseguir isso é dizer “FLOSS”, não “FOSS”.

Nós, no movimento do software livre, não usamos nenhum desses termos, porque não queremos ser neutros quanto à questão política. Defendemos a liberdade e mostramos isso toda vez – dizendo “free” e “libre” ou “free (libre)”.

Nota do tradutor:
  1. A palavra inglesa “free” é ambígua, podendo significar tanto gratuidade/não ter preço (“free beer”, cerveja grátis) ou livre como em liberdade (“free speech”, liberdade de expressão). Para mais informações sobre isso, é recomendado a leitura da definição de software livre.
TOPO

[Logo da FSF]“A Free Software Foundation (FSF) é uma organização sem fins lucrativos com a missão global de promover a liberdade de usuários de computador. Nós defendemos os direitos dos usuários de software.”

PARTICIPE COMPRE